terça-feira, 24 de março de 2015

Uma boa história...

Ontem estivemos na Paróquia Senhor Bom Jesus, que completa 50 anos este ano, animando a missa do segundo dia do Tríduo. Missa animada, super participada, com gente que canta a plenos pulmões, Uma delícia!
Depois da missa, com tanta delicadeza, esperava-nos um pequeno coquetel. Quanta amorosidade!
Ter ido lá já havia sido uma grande honra e o deferimento com que fomos acolhidos aqueceu imenso o coração!
E, durante a homilia, ouvindo o Monsenhor Almir, emocionado, contar o início daquela paróquia, trouxe à luz uma história envolvendo uma das integrantes do nosso grupo, a Áurea.
Emocionada também, contou que o Richard havia sido batizado naquela, então, Capela do Senhor Bom Jesus. Segundo ela, o primeiro batizado realizado lá...
E explicou porque: já havia perdido dois bebês em gestação e engravidara novamente. A irmã a aconselhou a prometer o filho a batizar ao Senhor Bom Jesus. E assim foi: o Richard veio lindo e forte a este mundo, para participar definitivamente do Corpo de Cristo, que é a Igreja.
Não é lindo?
Aqui entre nós, sempre há uma boa história para ser lembrada...

segunda-feira, 23 de março de 2015

Sim!


Quando criança - já contei isso em algum momento - tive a graça de ter uma professora de música, que formava um coral em nossa aula e aquela experiência foi mais do que ter o céu pertinho de mim. Eu não tinha clareza da sua religiosidade, mas posso afirmar o quanto ela amava a Deus e ensinava a amar com as músicas escolhidas também. Fosse algum canto específico ou uma canção MPB, sempre estavam presentes o bem e a delicadeza... 


A vida seguiu e tantos outros caminhos vivi... Permaneci com música em mim como um remédio que se toma sem saber. Motivando, aliviando, norteando, acalentando o coração e todas as experiências possíveis. Agora, adulta, depois de perdas, tristezas, vitórias enfim, canto sem a qualidade vocal que um dia tive e sem a menor pretensão quanto a isso. Como diz nossa regente querida, o propósito é levar Deus... tem que se deixar levar também. E como!

Mas eu - novidade? - às vezes me emociono e não canto (kkkk, eu e grande parte da galera, não é?).
E essas fotos aqui revelam uma das causas da profunda emoção que senti esses dias!
Estávamos repetindo um trecho de uma música e esse fofo - senhor Acir - estava suuuuuper empenhado.
Um bonitinho! Um querido! Que dança enquanto canta. Que pula o banco para o desespero da gente, quando é preciso mudar de lugar. Que entra e sai no mesmo ânimo, animando tanto também.

Olhei para ele nesse momento e o vi. Tudo que ele faz na sua simplicidade saltou aos meus olhos, aos olhos do meu coração. Sabemos o que ele já viveu e tê-lo ali, entusiasmado assim, só pode ser coisa de Deus!
Sei lá qual música era, as lágrimas vieram e deixei-as cair.

Gratidão! A Deus, ao grupo tão querido, à regente linda que mesmo cansada, algumas vezes, persiste com forças além das suas. Às vozes que ouço e agigantam meu sentir, meu coração e minha consciência de que Deus se faz presente em meio a tudo que vivemos nessa vida.

(Qualquer dia eu ainda mordo esse seu Acir! Risos!) 

Mais uma semana de labuta começa e precisamos muito da sua energia, querido!
kkkk... Deveria ser ao contrário, né?!
Sem protestos, aceito, agradeço e digo sim! 

Claudia


OBS: Quem puder ajudar a lembrar os demais e repassar os compromissos, agradecemos!


AGENDA DA SEMANA:

Segunda - 23/03 - Hoje - Missa na Senhor Bom Jesus - 19h30 
Combinamos lá às 19h00.
Uniforme preto e branco.

Quarta - 25/03 - Missa na São Judas - 20hs
Uniforme preto e branco
Cantaremos especialmente o Hino de São Dimas - temos aqui no blog.

Quinta - ensaio no Santuário - às 20hs



quinta-feira, 12 de março de 2015

Matando saudades...

Gente querida é assim...
Não se mede esforço para reencontrá-las...
Notícias do Lopes e da Salete, que foram para Fortaleza matar as saudades da Beth e do Natal Junior.
Nossos abraços aos dois, esperando que em breve venham pra cá, cantar um pouquinho com a gente.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...