quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

É preciso guardar a simplicidade dos fatos...

Quando chego da missa, aos domingos, costumo assistir os programas veiculados na TV Cultura naquele horário. Neste último domingo, o programa Móbile entrevistou Nando Bolognesi que há 24 anos tem ELA (esclerose lateral amiotrófica) - e adoeceu aos 21 anos...

Fiquei muitíssimo impressionada com a fala dele e uma frase ficou ressoando desde então... "é preciso guardar a simplicidade dos fatos...".
Dono de extremo bom humor, foi falando de si e da vida... Que sim, tem momentos de tristeza, angústia, chateação, preocupação, mas que leva a vida de um jeito leve, vivendo cada instante como ele é... que a vida é o que é, vem como vem, não premia nem castiga ninguém... Que nós é que "penduramos significados" nos fatos ou acontecimentos. "Os fatos são simples, a gente é que torna eles cabeludos ou não... a gente é que dá a eles o sentindo que quer dar...".

Não a pouco tempo, ando profundamente impressionada como as pessoas hoje em dia se dão o direito de dizerem o que querem e o que pensam, sem se importarem como isso atravessa o outro...
Como um simples copo d'água pode virar tempestade...
E como as pessoas "se acham"... como se o mundo e as pessoas tivessem o dever de girar em torno delas, porque só o que importa é o que elas sentem e desejam...

Na lição de vida que Nando Bolognesi deixa na entrevista, três coisas chamam muito atenção: que a vida precisa ser vivida com bom humor, que devemos estar consciente da própria "desimportância" e que a vida precisa ser reverenciada a todo instante.

"Cara é uma coisa tão grandiosa e tão misteriosa o fato de, não só eu existir, mas de haver existência, as coisas existirem... Então eu tenho um sentimento de gratidão enorme por existir, por estar no mundo...  Por estar... com esclerose? Não interessa como eu estou... eu estou aqui... E, gente, é tão improvável eu estar aqui - e eu estou, né? Eu acho que isso redimensiona tudo... eu estou com esclerose, mas e daí? - eu estou aqui".

Poder estar aqui é algo que deveria fazer toda a diferença para cada um de nós.
Reverenciar a vida e aqueles que nos cercam é oportunidade de viver a vida de um jeito bom e simples.
Que pena tanta perda de tempo, com as pessoas complicando, azedando, colocando intenções...
Que pena não desfrutar o Presente e tudo o que ele é, pois nada existe além dele...

Compaixão é o último assunto que Nando Bolognesi trata durante o programa - e que lindo entender o que é isso na sua essência...

Compaixão foi o que moveu Cristo durante toda sua vida... Compaixão deveria ser o que move todo aquele que se diz cristão...
Compaixão não é ter dozinha...
Compaixão é colocar-se no lugar do outro e, realmente, buscar compreendê-lo em sua essência, agir pelo seu bem, sem nada pretender em troca...

E então, hoje, fomos ao lar de idosos, o Vanilla Dolce...
Casa linda! Espaço, beleza, bom gosto, organização...
Os idosos que lá residem - na medida do que podem - transmitindo serenidade, alegria...
Celebração simples,
E um surpreendente "discurso" de um dos moradores - de trás pra frente, pra imitar japonês, dirigindo-se primeiro aos que ali moram e a seguir, ao padre e a todos nós... Na concatenação de ideias - claras, simples e objetivas - só ficaram nos meus ouvidos... compaixão, vida em família, união...

Reverência à vida...

Na "simplicidade dos fatos", nos encontramos com nosso futuro próximo, que é envelhecer mais... e vimos que mesmo nos casos em que não há mais consciência da realidade, mesmo sem estar na própria casa, mesmo sem estar com os parentes fisicamente presentes, é possível ter dignidade, leveza, amorosidade, se houver compaixão.

Administração do lar competente e humana...
Com paixão pelo que se faz e por quem se atende!
Compaixão!

Como fomos felizes hoje, podendo compartilhar desta celebração, em que tudo foi de uma simplicidade inigualável, mas de grande realeza...

Que Deus seja louvado por sua eterna compaixão para conosco e por sua incomensurável paciência em esperar que cada um dê o passo na direção do Chamado que faz sem cessar...

Louvado seja, meu Senhor!




Ps. Quem quiser assistir o programa Móbile na íntegra (não apenas Nando é entrevistado), entre em http://tvcultura.cmais.com.br/mobile

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...