quinta-feira, 3 de julho de 2014

Como uma criança...

Sempre tinha ouvido falar a respeito da doçura que é ser avó, mas, obviamente, só quando a gente vive a experiência é que compreende a extensão das afirmações, embora sempre me esforce muito para acolher em plenitude o que o outro diz...
E, realmente, ser avó tem sido uma experiência marcante e de muitas reflexões...

E tenho observado agora, com os olhos da maturidade, o incrível poder de uma criança em provocar no outro uma resposta...

Como rotina, passeio com o Mateus para o solzinho da manhã ou da tarde e é incrível como os olhares se adoçam quando se deparam com ele e, é certo, um grande sorriso vem do lado de lá... Por um instante é possível sentir que não há nada mais importante no mundo do que uma amável troca de olhares, a ternura, a alegria de um encontro...

Penso que a criança é a expressão mais pura da Ternura e do Amor de Deus... Não havia mesmo escapatória, Deus tinha que se fazer Criança e habitar esta terra...

E, a bem da verdade, Jesus disse textualmente que somente dessa maneira há caminho para a humanidade... só se fazendo criança...

Como seria maravilhoso se conservássemos e carregássemos dentro de nós pela vida a fora, essa criança que um dia fomos... Como o mundo seria maravilhoso e totalmente diferente...

Vamos resgatar a nossa criança?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...