terça-feira, 12 de março de 2013

Sobre viagem, discursos, música e máquina de escrever: essa música maravilhosa!

Como vocês sabem, vim para Brasília para a formatura da minha cunhada.
Cerimônia de colação. Pompa e circunstância, com entrada da bandeira, hino e... muito discurso...
Imaginem formandos de cinco cursos diferentes, com cinco discursos de oradores da turma, mais cinco discursos de paraninfos e mais cinco pequenos discursos para entrega dos símbolos de cada profissão...
Logo nas primeiras falas, no auditório gigantesco, cheio de gente, especialmente jovens, dava para se notar que não seria fácil aos oradores se fazer ouvir...
E minha cunhada era oradora da turma dela... a última!
Logo pensei que, se fosse eu, começava cantando um mantra kkk
E não é que ela tinha mesmo pensado em algo diferente?
Poucas e objetivas palavras e tascou afinadamente, em alto e bom som um trechinho de uma música, à capela!
"Amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, mesmo que o tempo e a distância digam não..."
Foi como se alguém estivesse com a mão em um botãozinho invisível e o murmurinho cessou quase que instantaneamente...
Mais um pouquinho de fala e recomeço do falatório do público.
Outro verso de outra música e plaft! A multidão segura a respiração de novo!
Discurso encerrado e ovação generalizada!
A De arrasou!! eheheh

Música é, realmente, linguagem universal...

Com ela tudo é possível... Até fazer uma grande orquestra brincar...
O vídeo abaixo é deliciosamente divertido, com toda a seriedade que requer o que está sendo produzido pelos componentes da orquestra e pelo "datilógrafo".
Obrigada, Xico, pelo vídeo e pela lembrança.
Divirtam-se!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...