quinta-feira, 7 de junho de 2012

Vivendo em Comunhão


Estava lendo um pequeno artigo na internet e li que o regente deve encontrar o eixo vertical do seu corpo para poder reger o que é horizontal.
Impossível não pensar um pouco sobre você como regente do nosso grupo. Lembrei também de que algumas pessoas dizem que a Cruz nos ensina sobre esses dois planos aos quais pertencemos: o alto, vertical, que é Deus e o horizontal, que nos liga às pessoas, feito humanidade...
Impossível não pensar no esforço que temos que fazer em alguns momentos da vida para não perdermos essa conexão com o Alto, com os valores espirituais, e quantas vezes, só por eles (... por Ele), é que somos capazes de suportar o que o plano humano solicita de nós. Quantas vezes o abraço, a unidade, só é possível pelo Alto.
Acabei lembrando ainda das muitas histórias que temos enquanto grupo, na verdade vocês muito mais que eu, de superação e no como se ajudam mutuamente.
Sempre que um membro do grupo está doente ou tem alguém a quem ama precisando de força e ânimo, rezamos, dedicamos ao menos um pensamento pra que essa pessoa se reestabeleça. Se para uns isso não representa coisa alguma, outros têm certeza profunda que foi por esse amor que suportaram a dor. Sinto e recebo essa força no carinho de muitos que tornam especiais momentos comuns. Não vou citar exemplos, embora tenha muitos, pra não ser injusta com ninguém, mas agradeço por essa vivência muito querida.
Voltando à ideia no eixo vertical da postura de um regente, pensei nas muitas vezes que você, humana e humanizadora que é, minimiza nossos deslizes mais no sentido humano que musical, para manter a si mesma e a todos nós no Eixo Vertical. Ainda que brinque conosco sobre nossos atrasos, pelo fato de querermos cantar sem o Folhetão; ou se desviamos nossos olhos de você e tomamos rumos distintos do seu na canção; mesmo que desafinemos, você tem um encanto apaixonado em seu semblante pelo efeito final da música que essa união constrói. Acho maior graça quando, minutos depois de ter estado brava com suas razões, joga um beijinho pra todo mundo embasbacada, dizendo que a música ficou muito linda. Mas não faz isso só com a música. Faz isso com nossas diferenças e intransigências e continua encantada por todos nós. Eu testemunho isso!
Pra chegar assim, após longos e intensos vinte anos, penso nas muitas situações em que teve que firmar o Eixo Altíssimo, acima e apesar de qualquer circunstância, mesmo sem ser entendida. Creio que no fundo todo mundo sabe dos seus silêncios, das suas reservas, da sua discrição, para que, esquecidos das alturas, não descêssemos demais ao chão. A vida em um grupo só resiste e torna-se bonita se algum valor supera toda a lida. E você cultiva profundamente esse valor.
Quando, mesmo tendo a oportunidade de expor seus pensamentos e sentimentos, escolhe conscientemente e tão decididamente preservar as vidas dessas pessoas; quando fala o que tem a dizer para elas mesmas; quando nos diz a sua visão, com toda sua transparência de alma, chamando-nos a sermos melhores... está a exercer o alinhamento do eixo vertical, que precisa ser firmado num plano maior, no próprio Amor. Com isso, tenho aprendido ainda mais e feito o exercício de curtir a cada um e ser assim também... não parar nas pequenas coisas, amar a beleza de cada pessoa e a ser firme naquilo que devemos ser... respeito, acolhimento, ternura, verdade, perdão, porque repartimos tesouros e defeitos, os meus, os seus e os nossos, como deve ser... todo mundo ajudando e servindo a todo mundo.
Estava almoçando na casa da minha mãe há pouco e me veio a música “importa viver, Senhor, unidos no amor, na participação, vivendo em comunhão...”
O dia de hoje é bem propício para refletirmos o Corpo de Cristo... que sejamos com Ele um só corpo, querida! Que na horizontalidade tenhamos clareza nos gestos que unem e integram as pessoas, é Seu Corpo que mantemos unido quando agimos no amor.
Graças por essa experiência de Vida!
Deus nos abençoe a todos e a você por ser assim entre nós, alguém que nos abraça e nos quer no Alto!

Beijo no coração,
Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...