sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Parabéns pra você!


Em todos os aniversários do grupo, vem você com nossas fotinhos aqui ao lado e algum carinho que de algum modo recebemos o ano todinho.
Por isso vim aqui fazer o mesmo por você e transmitir nossos cumprimentos.
Achei uma galerinha que canta bem o Parabéns! Claro que não como aquela sua turminha que faz a chuva cair, a rua inundar (ahahahah), nem como esse seu grupo que a ama de paixão (lindos!), mas dá pro gasto! Garanto que vai gostar porque eles são afinados! Rs.
O Edwin vai rir e dizer que a gente dança desse jeito, mas a ocasião merece um balanço, que a música com amor faz o espirito mover...
Sabemos, querida, que somos muito felizes quando estamos com você e que é essa força imensa em sua alma que nos mantém unidos e entusiasmados (mais pertinho de Deus!).
As quartas de descanso são boas, mas já curtimos saudades!
Como mascote do grupo (rs), eu digo: obrigada por tudo que me permite viver e receber junto a você e a esse grupo lindo.
Curto, escuto, canto, penso, observo, comungo e não sou capaz de imaginar a dimensão da graça que já vivenciaram ao longo de tanto tempo!
Meu coração se alegra por saber que em você isso nasceu assim, feito pra encantar a Deus.
Por isso, linda, peço a Ele por você e pelos aniversariantes da semana! Um abraço apertado neles também!
Que Deus os abençoe e que Ele seja louvado pela vida linda e íntegra que inseriu em seu espirito, em seu ser, vida que você honra com todo seu viver!
Vocês já foram abençoados, porque o Senhor já derramou o Seu amor!
Gracias por tudo, siempre!

Monte de beijo da gente!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Panis Angelicus




0807 - Panis angelicus

Panis angelicus fit panis hominum (Pão dos Anjos feito Pão dos homens)
Dat panis coelicus figuris terminum.  (Dado como Pão do Céu, realização das figuras).
O..res mirabilis. Manducat Dominum (Ó realidade maravilhosa. Come-o o rico,)
pauper pauper, servus et humilis  (o pobre, o servo e o humilde)

sábado, 14 de janeiro de 2012

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Terníssimo amor em canção!

Uma historinha sobre o Papa João Paulo II, escrita por Maurício de Souza (clique aqui para lê-la) chega a inspirar pela delicadeza verdadeira contida nas expressões desse homem, que sensibilizou pessoas do mundo todo, de diferentes raças e credos. Nesse belíssimo vídeo abaixo, compreendemos com o coração e a mente a que somos chamados e o modo como Deus nos ama... imensamente!
Não dá para dizer, só dá para ouvir e sentir!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Ó luz do Senhor, inunda meu ser



A estrela e o "eclipse de Deus"

     Na vida de muitas pessoas tem acontecido o que alguns teólogos chamam de “eclipse de Deus”. Por causa de uma doença, de uma perda, de um grande sofrimento; por causa do vazio existencial ou da perda de sentido das coisas; por causa do excesso de materialismo, a luz de Deus, a presença de Deus, tem se apagado dentro dessas pessoas. Elas já não veem mais, nem muito menos conseguem sentir, a manifestação de Deus em suas vidas. Este “eclipse de Deus” já acontece há muito tempo na Europa, e começa agora a se fazer presente também entre nós.
      O eclipse tem um lado positivo. Como o Pe. Renato Vieira canta na música Um novo dia, “Quando anoitece, Deus acende as estrelas”. Isso significa que, em tempos de “eclipse de Deus”, em tempos de apagamento da manifestação de Deus na sociedade, é possível ver algum sinal da manifestação do Deus vivo e verdadeiro; é possível ver alguma estrela neste céu escuro da perda ou do esfriamento da fé no coração de muitas pessoas.
     Este é o apelo do profeta Isaías para cada um de nós: “Levanta-te, acende as luzes... porque chegou a tua luz... A terra está envolvida em trevas e nuvens escuras cobrem os povos, mas sobre ti apareceu o Senhor... Os povos caminham à tua luz” (Is 60,1-3). Levantar-se significa sair da prostração, do desânimo, reagir ao eclipse. Convivendo com pessoas cuja fé se apagou ou está se apagando, você deve acender as luzes, renovar a esperança. Mas isso só é possível quando você faz da sua oração cotidiana o momento de aprofundar a sua intimidade com Aquele que é a sua luz: “Deus é Luz. Deus é Luz. Deus é Luz. Nele não há trevas!”. “Ó luz do Senhor que vem sobre a terra, inunda meu ser, permanece em nós!”.

(Se você quiser ver esse texto completo, belíssimo, de autoria do Pe. Paulo Cezar Mazzi, entre aqui)

domingo, 1 de janeiro de 2012

Este ano, quero paz no meu coração

Este ano, quero paz no meu coração.
Quem quiser ser meu amigo, que me dê a mão.
O tempo passa e com ele caminhamos, todos juntos, sem parar.
Nossos passos pelo chão vão ficar...
Marcas do que se foi, sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce, novo em cada amanhecer.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...