quinta-feira, 14 de julho de 2011

Depoimentos

      Ontem, no ensaio, a Luci me perguntou como eu ia fazer para colocar 365 post no ar, pois o blog tem sido atualizado diariamente. Não tenho a mínima ideia, a não ser quando me reporto ao meu pensamento inicial, ao pensar em começar um blog, de que ele deveria ser um canal em que todos nós, do Coral, pudéssemos usar para nos comunicarmos de diversas maneiras. Acho que faltou falar publicamente, que espero mesmo que cada um possa colaborar com algo e que os posts possam ter diversas assinaturas. Este blog é nosso, não meu.
      Bom, mas alguém já tinha me falado sobre colocar uma aba com uma seção de depoimentos. Achei que podia ver se isso acontecia naturalmente, como consequência da participação de todos. E então hoje ela começa, pois recebi um lindo email da Beth e do Natal Jr, falando sobre a importância do grupo para a vida deles.
      Emocionem-se com a leitura e aproveitem para matar a saudade deles também.


Bom dia querida.

Nosso coração dói de saudade também.

Por favor, diga aos outros membros do coral que cada minuto junto com o grupo é um tesouro, cujo valor a gente só percebe quando o destino prega essas "peças" e nos tira de perto de quem a gente ama. Você não imagina como sentimos falta daquela energia que você nos passava às 4as feiras à noite, ou das brincadeiras do Walter, do “Halls” do José, das iniciativas do Edwin, enfim, de toda a alegria, amor e por que não, as trapalhadas divertidas que compartilhávamos. Mas principalmente das broncas que você nos dava, da cara de menina pidoncha que você fazia quando queria que fossemos em mais uma apresentação. Do sorriso e dos “muito obrigado” que, mesmo sem merecer (por errarmos e desafinarmos) você generosamente nos oferecia. Das vezes em que você morria de nervoso, até aparecer alguém com um calmante ou uma balinha, ou mesmo um copinho de água com açúcar e, finalmente, ficarmos aliviarmos com seu semblante. Das confusões que, de vez em quando (no meio da missa), o notebook aprontava com o João, das vezes em que emocionávamos a todos que nos ouviam (muito choravam). Viver todo aquele tempo com vocês foi muito, muito especial. É até um pouco difícil ir às missas aos domingos, sem ficar tristes de saudade de vocês. Você e todos os irmãos desse coral foram um presente que Deus nos deu, mas que, como tudo na vida, acaba ficando um pouco longe dos olhos, mas definitivamente dentro do coração, pra sempre.

Mais uma vez, parabéns pelo blog. Coloque logo os vídeos para acalmarmos um pouco a saudade de vocês em nosso coração.

Beijão e abraços apertados a todos, mas especialmente a você e ao João.

Com muito amor,

Natal Jr. e Beth

Um comentário:

  1. Acho que vocês existem para me emocionar, para restaurar a alegria profunda da minha alma...
    Tudo que senti, desde a primeira vez que os ouvi, ou no primeiro dia em que cantaram o 'Santo das palmas', até hoje que, depois de namorá-los por quase um ano e enfim me entregar a viver essa riqueza com vocês foi encantamento.
    Eu deveria ter dito isso antes, mas aqui deve ser o lugar e o momento!
    Adoro ser e estar com vocês! Obrigada pela acolhida, pelas bagunças, pelas canções que me aproximama ainda mais de Deus!
    Beijo em seus corações,
    Claudia

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...